O que considerar ao escolher um fornecedor logístico

escolher fornecedor logístico

Principalmente com o crescimento do e-commerce, a procura por gestões logísticas aumentou e inúmeras empresas estão agindo para tornar seus processos mais ágeis e eficientes. No entanto, não é toda empresa de serviços logísticos que atende as necessidades de qualquer negócio.

De acordo com dados da Agencia Nacional de Transporte Terrestre, há mais de 70 mil empresas de transporte que realizam entregas de diversas mercadorias em todo o Brasil. Diante disso, saber quais critérios avaliar na escolha de um operador logístico é a etapa mais importante.

Como escolher o fornecedor logístico

Primeiro de tudo, saiba o que a empresa cotada oferece, se possui serviços como controle de estoque, armazenagem e transporte – de acordo com o que você precisa. Confira também se ela opera com pessoas qualificadas às atividades, se utiliza tecnologias para otimizar os processos e se tem controle justo de custos.

Comumente, o custo é o principal fator decisivo. Porém, na logística, considerar apenas os custos não é uma boa ideia. Pelo contrário, fazer isso pode causar grandes transtornos. Busque informações completas.

Para facilitar o momento de escolher o fornecedor logístico, criamos um checklist de informações essenciais que devem ser ponderadas. Confira:

  • Se o meu negócio crescer, o operador logístico tem capacidade de continuar me atendendo.
  • Há transporte adequado para todos os tipos das minhas mercadorias.
  • Em casos de entregas com urgência, o fornecedor possui solução que garantirá o cumprimento do prazo.
  • Por meio de tecnologias, consigo acompanhar, de forma rápida e simples, todas as informações da gestão logística e a transparência dos custos.
  • Há garantia de sigilo das minhas informações comerciais.
  • O fornecedor tem abrangência logística em todo o território em que atuo ou pretendo atuar futuramente.
  • Com o tempo de atividade da empresa, nota-se que ela soube atravessar desafios e diversidades, devido a cenários econômico, político e o avanço da tecnologia, com inteligência, uma vez que se mantém ativa.
  • Outros clientes do fornecedor falam bem dos serviços. (Aqui, vale pesquisar por meio do boca a boca e da internet).
  • A empresa atende outros negócios do mesmo segmento que o meu. Garantia de competência com as características do meu setor.
  • Possui clientes grandes, reconhecidos, que atestam a competência e confiança do fornecedor.
  • As operações da empresa estão localizadas estrategicamente próximas ao seu negócio, a portos, aeroportos ou qualquer outro local de interesse para você. Isso facilita a logística e, consequentemente, reduz custos.
  • Há infraestrutura compatível com a minha necessidade de armazenagem e que garante a segurança das mercadorias.

 

Em linhas gerais, esses pontos devem te nortear para uma escolha assertiva do fornecedor de logística. Ignorar essa etapa de avaliação, como já mencionamos no início do texto, pode causar grandes problemas.

Se a sua carga não for entregue no prazo estipulado? Se a mercadoria for avariada no transporte? Esses são só alguns exemplos do que pode acontecer de errado. Por isso, não abra mão de buscar informações.

 

Aproveitando, que tal nos conhecer melhor? Nossa história está aqui.

Categorias: