Três fatores básicos para reduzir custos com envios

Ao mesmo tempo em que o setor de e-commerce está em ascensão, a economia brasileira, impactada pela pandemia, a cada dia está elevando mais os preços em geral. Assim, qualquer economia que possa ser gerada nas operações das lojas é muito bem-vinda.

A operação logística é uma das áreas em que há mais custos. Existem vários fatores que influenciam para que esses custos sejam reduzidos a partir da otimização de cada etapa do processo.

A otimização de passos básicos envolvidos no trabalho de envio das mercadorias também traz bons retornos e é sobre isso que iremos falar. São três itens que quando tratados com atenção e de forma estratégica é possível encontrar meios de economia.

Frete e prazo

Obviamente não podíamos começar sem falar dos fatores competitivos dos negócios online. Também, decisivos para o consumidor.

Estudos já apontaram diversas vezes que a maioria dos consumidores abandonam o carrinho na loja virtual devido ao alto valor de frete, independentemente do prazo.

Para economizar, partimos do cenário em que haverá clientes que prezam por um prazo de entrega ágil e irão pagar por ele, sem problemas. Mas, também terá quem não se importa com o tempo para receber o produto, mas importa-se muito com um valor de frete mais acessível.

Sendo assim, a alternativa é trabalhar opções de fretes. Correios, transportadoras ou outros meios que sejam viáveis e possibilitem variações de frete e prazo. Assim, a decisão fica a cargo do cliente.

Dessa forma, as modalidades de frete mais custosas serão utilizadas apenas nos casos em que o cliente realmente fizer questão da agilidade máxima.

Estratégia de distribuição

Contar com armazéns e centros de distribuição parceiros, que estejam localizados estrategicamente de acordo com os clientes, economiza muito. Com essa estratégia há menos custos de transporte, como com combustível, manutenção de frota e pessoal.

O e-commerce que possui clientes assíduos em determinadas regiões pode explorar essa opção, encontrando os melhores locais para alocar os seus produtos e agilizar e baratear os envios.

Burocracia

Pense em quantos documentos precisam ser gerados para realizar o envio de apenas um pedido. É ordem de pedido, nota fiscal, etiquetas de transporte e por aí vai. Agora, pense no valor que a emissão desses documentos tem num montante a longo prazo.

Essa parte passa despercebida, normalmente, pois os custos parecem irrisórios. No entanto, eles podem ser inexistentes.
Com a tecnologia, a parte burocrática ficou mais prática e simples. Por exemplo, com a emissão das notas ficais eletrônicas.
Outro documento que pode ser substituído é o Danfe. No ano passado, para e-commerce que opera focado no cliente final, passou a valer a emissão do Danfe Simplificado – uma etiqueta que substitui o papel A4, envolto em plástico e fixado na embalagem.

Na nova etiqueta contém:

  • Chave de acesso para a NFe;
  • Código de barras do Danfe;
  • Protocolo de autorização;
  • Dados do emitente e do destinatário.

De acordo com a empresa que produz materiais e equipamentos para as etiquetas, a TR Service, essa nova modalidade de emissão gerará:

  • Redução de até 40% nos custos com envios;
  • Ganho de cerca de 30 segundos em produtividade na operação;
  • Menos 148 milhões de embalagens plásticas que iriam parar na natureza.

Além disso, optar pela otimização dos documentos obrigatórios gera economia na aquisição de materiais e locais de físicos de armazenamento, também evita custos com possíveis cópias autenticadas. Sem falar no ganho de agilidade na realização de emissões e envios.

Esses três fatores precisam ser sempre revisados dentro da operação logística, pois sempre há o que otimizar. Muitas vezes, o prejuízo está sendo alimentado por algo que parece não ter tanta influência e não olhamos com atenção.

Ofereça mais uma opção de frete para os seus clientes, com segurança, valores atrativos e prazos diferenciados. Fale conosco pelo chat ao lado.



Deixe uma resposta