Inteligência emocional no trânsito

O trânsito é feito de pessoa, cada uma com suas características, estado de espírito e comportamentos. Quem passa a maior parte da vida dirigindo, os motoristas profissionais, sabem como isso torna o trânsito propício a situações que causam grande estresse.

Imagine que, certo dia, grande parte das pessoas estão mal humoradas e estressadas e saiam dirigindo liberando toda a sua emoção em quem cruzar o seu caminho. Seria um caos.

Por isso, todos deveríamos trabalhar a inteligência emocional no trânsito, não somente os motoristas profissionais – dos quais essa habilidade é exigida. Também, não apenas no trânsito, mas em qualquer esfera de nossa vida.

Determinados comportamentos, quando não há controle emocional, contribuem para um trânsito ainda mais violento.

O que é inteligência emocional

Esse termo é usado para descrever a capacidade que os seres humanos podem ter de se conhecer, se entender, entender os outros e saber lidar com as emoções e sentimentos da melhor forma.

Envolve fatores como autoconhecimento, controle emocional, automotivação, reconhecimento interpessoal¸ e habilidade em relacionamentos interpessoais.

É saber lidar com situações que nos causam incômodo, nos tirem do sério, de forma racional, positivo e não por impulso.

Para saber mais sobre inteligência emocional e como desenvolvê-la, compartilhamos o livro Inteligência Emocional, de Daniel Goleman.

Controle no trânsito

O trânsito tem regras e parte do princípio da confiança de que todos seguirão essas regras. Também, confia-se que todas as pessoas têm controle emocional suficiente para operar carros, uma máquina que pode matar.

Sabemos que as coisas não são bem assim e muitas regras são quebradas. O que torna o nosso trânsito já bem violento.

Assim, buscar ser um motorista com controle de suas emoções contribui muito para um pouco mais de segurança a todos no trânsito.

Ter esse controle permite que o motorista tenha uma direção defensiva, evite acidentes e multas. É aumento de qualidade de vida às pessoas e à segurança no trânsito.

Alcançar essa inteligência emocional não é tão simples. Naturalmente, não somos preparados para enfrentes nossos padrões de comportamentos. Mas, é algo necessário e positivo para a vida pessoal e profissional. Caso necessário, busque ajuda!



Deixe uma resposta