Dropshipping vale a pena?

Há alguns anos, varejistas brasileiros veem adotando o modelo de vendas utilizado por gigantes do segmento, como Amazon e Americanas. O dropshipping é um método de vendas online que pode ajudar empreendedores no crescimento das suas lojas virtuais, com investimentos controlados.

O que é dropshipping?

É um sistema que funciona de forma simples:

O cliente compra na loja virtual. O vendedor recebe o pedido e o processa, separando sua parte de lucro e ativando o fornecedor para o envio do produto ao cliente.

São e-commerce que não possuem a necessidade de estoque, uma vez que atuam como intermediadores de vendas.
A responsabilidade pelo armazenamento e transporte dos produtos é do fornecedor. A loja fica encarregada apenas de gerenciar os pedidos e repassá-los ao parceiro, juntamente com os dados do cliente, para ser feita a entrega.

Se você faz compras online, facilmente já deve ter comprado de um dropshipping. Só não percebeu. Pois, é assim que deve ser. O cliente comprou da loja online, não do fabricante.

Então, por exemplo, se a loja virtual tem uma embalagem personalizada, será essa a embalagem usada no envio do produto. Para o cliente final, precisa ser algo imperceptível.

Dropshipping é ilegal?

Há quem diga que esse modelo permite faturar sem cumprir com o pagamento de impostos. Sim, lucrar sem pagar os tributos é ilegal. Mas, o dropshipping segue a legislação brasileira. Desde que regularizado, o negócio paga normalmente impostos e taxas referentes à modalidade.

Vale a pena começar com dropshipping?

Antes de responder essa pergunta, precisamos ponderar fatores importante em um negócio online e como funcionam no dropshipping.

Estoque e logística

Já que o responsável pelo armazenamento é o fornecedor, a loja virtual não precisa ter os produtos em um local físico. Assim, tarefas de gestão de estoque e manter um armazém não entra na lista de atividades, reduzindo muito o custo inicial e de operação.

Os processos logísticos, também sob responsabilidade do fornecedor, são mais eficientes, ágeis e econômicos. Isso inclui desde a embalagem, rotulagem, expedição até a entrega feita com sucesso.

Produtos

O dropshipping permite ao varejista trabalhar com uma grande variedade de produtos. Também, a disponibilidade dos produtos é mais rápida que no modelo tradicional, que precisa aguardar o recebimento do produto em seu estoque para, então, disponibilizar ao cliente.

Além de possibilitar a testagem de produtos sem investimentos – uma vez que não precisa comprar o produto sem saber se terá demanda.

Equipe

De forma sintetizada, a loja online é responsável apenas por funções administrativas e promocionais da marca. Assim, não é necessário investimento em uma equipe de trabalho grande. Muitas vezes, o time é pequeno e trabalha em home office – dispensando um local físico e os custos relacionados.

Lucro

Podemos dizer que essa é a desvantagem do dropshipping, as margens de lucro são baixas. Isso tem mais impacto quando lembramos que estamos falando sobre um mercado altamente competitivo, devido à facilidade em abrir um negócio desse tipo.

Se vale a pena ou não, irá depender do perfil do empreendedor. Muitas vezes, o dropshipping é aderido como fonte de renda extra e acaba expandindo até se tornar a principal renda. Tudo vai depender do empenho colocado na loja online.

No começo, a pouca margem de lucro pode desanimar. Mas, já que o vendedor não precisa se preocupar com processos de armazenagem e logísticos, pode investir na marca. Uma boa comunicação, imagem bem trabalhada, anúncios eficazes e qualidade no atendimento são alguns exemplos do que fazer para ajudar no crescimento do negócio – e esses fatores influenciam muito.

Também, ter alguns cuidados faz a diferença:

  • Conheça bem a plataforma que for usar para criar a loja online e como será a parceria. Algumas, cobram taxas sobre as vendas e isso pode não ser interessante no início.
  • Escolha bem os fornecedores. Lembre-se que a entrega é parte fundamental para a satisfação do cliente. Então, opte por empresas com experiência e confiáveis.
  • Dedique tempo, frequentemente, para fazer a mineração de produtos. Isso te manterá por dentro das novidades e, consequentemente, seus produtos terão diferenciais.

Sem dúvidas o dropshipping é uma alternativa de vendas que pode dar bastante certo. Mas, sem dedicação e parceiros de qualidade, será apenas mais um no mercado digital.



Deixe uma resposta